Webmail
OK
Logomarca Martinelli

Tour         Fechar [x]

CANAL MARTINELLI

Esse canal foi criado a fim de agregar conteúdo de interesse aos leitores, facilitando o acesso a todas informações. As publicações serão feitas regularmente.

 

Boa auditoria não tem preço!

08

JUL

Empresas brasileiras ainda contratam mal um serviço altamente estratégico   A contratação dos profissionais responsáveis por analisar e aprovar os balanços contábeis é algo complexo e, por isso mesmo, mereceria ser feita de forma mais cautelosa. No entanto, o que ainda se vê é uma parcela considerável dos empresários entregando este importante serviço a quem, muitas vezes, só tem como atrativo considerável o baixo valor dos honorários que cobra.   O quadro é preocupante e se agrava com a falta de pessoal suficiente nos Conselhos Regionais de Contabilidade para exercer a devida fiscalização, o que pode gerar situações surreais nesta área. Por exemplo, a possibilidade da existência de contadores sem formação especializada em auditoria endossando balanços produzidos por eles próprios, criando uma situação de conflito de interesses latente, que pode ser resumida como: ‘quem faz não possui independência para revisar o que produziu.   Ao quebrar essa máxima, pratica-se um desvio de conduta mais comum do que se possa imaginar em nosso país, tornando com isto moralmente questionável até mesmo trabalhos bem realizados, porém, com a soberania do auditor afetada de forma irremediável.   Geralmente esses profissionais cobram um preço bem abaixo da praxe do setor, algo digno de estranheza imediata, tendo-se em vista que auditoria demanda muito tempo e mão de obra capacitada, não havendo...

Comentários: 0

AVALIE ESTA MATÉRIA:

TAGS: Auditoria

Resolução CFC Nº 1400/12

09

AGO

RESOLUÇÃO CFC Nº 1400/12 DE 27 DE JULHO DE 2012 APROVA O CTSC 02 – RELATÓRIO SOBRE A APLICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS PREVIAMENTE ACORDADOS PARA ATENDIMENTO AO DESPACHO N.º 514/12 DA SUPERINTENDÊNCIA DE FISCALIZAÇÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA (SFF) DA AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA (ANEEL).   O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais e com fundamento no disposto na alínea “f” do Art. 6º do Decreto-Lei n.º 9.295/46, alterado pela Lei n.º 12.249/10,   RESOLVE:   Art. 1º. Aprovar o Comunicado Técnico CTSC 02 – Relatório sobre a Aplicação de Procedimentos Previamente Acordados para Atendimento ao Despacho n.º 514 da Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira (SFF) da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), de 13 de fevereiro de 2012, relativo ao Manual de Orientação dos Trabalhos de Auditoria (versão 4), do Relatório de Controle Patrimonial (RCP), cuja obrigatoriedade de apresentação foi estabelecida pela Resolução ANEEL n.º 367, de 2 de junho de 2009, que tem por base o Comunicado Técnico IBRACON n.º 05/2012.   Art. 2º. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.   Brasília, 27 de julho de 2012.   Contador Sergio Prado de Mello Presidente em exercício

Comentários: 0

AVALIE ESTA MATÉRIA:

CVM amplia prazo de rodízio, mas pede comitê de auditoria

17

NOV

Com respaldo das recentes discussões internacionais sobre o tema, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) oficializou a manutenção do rodízio compulsório de auditores independentes no Brasil.   Sem abrir mão do modelo de rotação, o órgão regulador divulgou ontem a edição da norma que amplia de cinco para dez anos o prazo de troca das firmas de contabilidade. Isso só será possível, no entanto, em empresas que instalarem um comitê estatutário de auditoria – espécie de órgão fiscalizador dos auditores internos e externos.   Alexsandro Broedel, diretor da CVM, revelou que vários questionamentos sobre a necessidade e os supostos benefícios do sistema – como melhoria da qualidade e da independência das demonstrações contábeis – foram feitas à autarquia durante a audiência pública sobre o assunto. A CVM, por sua vez, nem chegou a divulgá-los. “A pauta da audiência não era a relevância do rodízio, mas os comitês de auditoria”, disse.   Para Broedel, o que era antes considerado “jabuticaba” na regulação brasileira está sendo motivo de inspiração para órgãos internacionais. É o caso do Conselho de Supervisão de Contabilidade de Companhias Abertas (PCAOB, na sigla em inglês) – que regula as auditorias nos EUA – e da Comunidade Européia (CE). Ambos colocaram em discussão a adoção do rodízio recentemente. “A pauta...

Comentários: 0

AVALIE ESTA MATÉRIA:

 

 

Rua Dona Francisca, 1113, 10º e 11º andar, Saguaçú | Joinville/SC | CEP 89221-006 | Fone: 47 2101-1900 / Fax 47 2101-1901